Demitido do SBT, Moacyr Franco é contratado pela Rede Globo


Última atualização em 31/01/2018 às 08h32, por Trajano Neto

Dois meses após ser demitido pelo SBT, Moacyr Franco voltará à TV na Globo, onde trabalhou até 1977. O ator está no elenco da série “Ilha de Ferro”, estrelada por Cauã Reymond, Sophie Charlotte, Maria Casadevall e Klebber Toledo.

Ao portal “UOL”, a Globo confirmou que Moacyr Franco está escalado para uma participação na série, ambientada em uma plataforma de produção de petróleo, ainda sem data de estreia definida.

Segundo o colunista Flávio Ricco, Moacyr também está em negociações avançadas com o canal pago Multishow, do Grupo Globo.

Moacyr Franco trabalhou na Globo entre 1971 e 1977. Contratado por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, na época diretor de programação da emissora, o artista estreou apresentando o programa de variedades “Moacyr Franco Especial”, com números musicais, entrevistas, quadros humorísticos e brincadeiras.

No ano seguinte, o programa foi reformulado e tornou-se semanal, com outro nome: “Moacyr Show”. Nesta atração, o apresentador ficou conhecido como showman da TV. Em 1976, comandou o “Moacyr TV”, show de talentos com anônimos interpretando cenas de novela com os artistas da Globo.

O apresentador interrompeu a carreira em 1977, quando sofreu um aneurisma cerebral enquanto atuava em “A Praça da Alegria”, apresentado por Miele. Deixou a Globo e, recuperado, trabalhou na Band e no SBT, onde ficou durante 20 anos, 12 destes em “A Praça É Nossa”.

Em novembro, Moacyr foi demitido do SBT sob alegação de corte de gastos. Ao “UOL”, o humorista disse considerar “inexplicável” sua saída da emissora e revelou quanto recebia pelos seus serviços: “Meu salário no SBT era 40 ‘paus’, era ridículo. Enquanto todo mundo ganha milhões, pelo que sei”.

No mês seguinte, Moacyr visitou a Globo e foi homenageado pelo programa “Vídeo Show”. O programa relembrou a trajetória do artista na emissora e contou a ocasião em que ajudou a salvar fitas de um incêndio, mas omitiu as duas décadas dele no SBT.

Fonte: Bastidores da TV