Globo pode mudar sua tradicional música de fim de ano após críticas de Faustão


Última atualização em 13/03/2018 às 08h27, por Trajano Neto

Na última edição do Domingão do Faustão, Fausto Silva, conforme já informamos, voltou a criticar o tradicional tema de fim de ano da Globo, a música Um Novo Tempo, composta por Marcos Valle, Paulo Sérgio Valle e Nelson Motta. Segundo o apresentador, a canção, que é veiculada pela emissora carioca desde 1971, não faz sentido diante dos diversos problemas políticos e sociais enfrentados pelo país na atualidade.

“Por isso eu encho o saco de falar, eu não canto mais essa p*** de ‘hoje é um novo dia…’. Aqui na Globo eu não canto mais, não é novo dia p*** nenhuma. O dia que tiver, eu volto aqui. Não tenho cara de pau para cantar isso”, disparou Faustão, que no fim do ano passado já havia criticado a música: “Eu não aguento cantar mais: ‘hoje é um novo dia…’. Esse novo dia não tem porr* nenhuma. Trinta anos que a gente canta isso aqui e não tem esse novo dia. Está na hora de a gente encarar isso. Brasileiro tem Copa do Mundo, todo mundo se abraça, se veste de verde amarelo, e na hora da eleição, não presta atenção”.

De acordo com a colunista Keila Jimenez, a reclamação do apresentador pode fazer a emissora mudar o seu jingle tradicional pela primeira vez. Com a crítica, Faustão, que já não vinha participando das gravações da famosa vinheta, pode ter acabado de vez com o “encantamento” da canção, chamando a atenção do público para a falta de relação que ela tem com a atual realidade brasileira. A Globo ainda não se manisfestou sobre o assunto, mas nos bastidores já há quem defenda uma troca de tema.

Fonte: TV Foco