Após 23 anos, Martinho da Vila reconhece que música Mulheres pode ser considerada gay


Última atualização em 14/05/2018 às 08h20, por Trajano Neto

O cantor Martinho da Vila é conhecido por grandes sucessos da música brasileira, mas a primeira canção que é lembrada quando o seu nome é citado é Mulheres. Acontece que a música vem sendo interpretada de maneira diferente por algumas pessoas na atualidade.

Algumas pessoas estão enxergando um relacionamento homossexual na canção de Martinho. A música conta a história de um homem que já teve várias mulheres, mas só foi feliz com uma pessoa (o gênero dela não é definido na canção). Em entrevista ao jornal Extra, Martinho reconheceu que a música pode ser interpretada dessa maneira.

A poesia é para ser interpretada. É como um quadro de arte: cada um vê de um jeito. Acho bem legal essa nova leitura (risos)”, disse o cantor, que admitiu que já na época do lançamento haviam rumores sobre o sexo da pessoa protagonista da canção.

O cantor ainda contou que a sua música já foi trilha sonora de muitos casais desde que foi lançada. E com um detalhe: de uns tempos para cá também vem sendo tocada para simbolizar relacionamentos homossexuais.

De um tempo para cá, muitos caras já vieram falar comigo: ‘Martinho, eu casei com essa música porque convenci minha mulher a se casar comigo justamente falando que eu estava procurando ela a vida inteira’. Realmente, pelo que ouço, muitas pessoas se casaram com essa música e tal. Agora, casais homossexuais também estão fazendo isso”, revelou.

Ele ainda negou que a sua intenção pessoal ao compor a música tenha sido de se referir a um relacionamento com um homem. Martinho da Vila, no entanto, não se importa com as diversas interpretações: “Não pensei nessa interpretação quando gravei a música, mas acho bem bacana”, ressaltou.

Fonte: TV Foco