Polêmica envolvendo Geraldo Luís se espalha e apresentador é detonado nas redes sociais: “Uma hora a máscara cai”


Última atualização em 26/09/2018 às 08h30, por Trajano Neto

Funcionário da Record, o motorista Ismael Oliveira Silva, de 47 anos, relatou que foi humilhado por Geraldo Luís no horário de trabalho e registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de São Paulo. Na ocasião, ele revelou que ofensas por parte do apresentador eram comuns nos bastidores das reportagens.

Ele disse que chegou a ter uma crise nervosa de choro e decidiu, por conta própria, fazer o B.O pela internet. Agora, será feito um inquérito policial contra Geraldo Luís, fazendo com que o apresentador corra o risco de ser enquadrado no crime de assédio moral. Segundo a vítima, Geraldo o tratou com grosseria. No último dia 23 de agosto, ele viu quem era o condutor que havia ido buscá-lo em uma gravação na Mooca e se recusou a entrar no veículo, de acordo com informações do Notícias da TV. Para completar, Geraldo disparou palavrões e gritou com violência contra o funcionário.

“Puta que o pariu!”, disparou Geraldo, segundo o B.O. “Essa atitude é recorrente, inclusive com outras vítimas. No meu caso, ele já praticou algumas vezes, a ponto de, em uma delas, depois que ele desceu [do carro], eu tive uma crise nervosa com choro”, diz ainda o registro. As atitudes de Geraldo Luís, por sua vez, não são de hoje. Ele mantém essa conduta desde o Balanço Geral, há mais de dez anos, e na Record, nunca ninguém fez nada para impedir, segundo colegas do motorista. A raiva que Geraldo guarda do motorista, segundo ele, foi por um simples motivo pessoal.

O profissional o repreendeu pelo desvio em uma viagem, passando a ser rejeitado desde então. Geraldo chegou a pedir a um produtor que desse ordens e chamasse a atenção do motorista. Segundo a Record, Ismael prestou queixa interna contra Geraldo, mas não houveram testemunhas. A emissora confirma ainda que Geraldo se recusou a entrar no carro, mas alega que não houveram agressões verbais, “apenas” um desentendimento sem desrespeito. O apresentador do Domingo Show teria sido chamado para uma conversa e se comprometido a respeitar todos os funcionários subalternos.

Pelas redes sociais, o apresentador tem sido massacrado. “Sinceramente, não adianta pagar de bom moço quando as câmeras estão ligadas, se nos bastidores for um mal educado, um grosseiro com o próximo. A vida é uma roda gigante. Seja de fato humilde, pois vc não sabe do dia de amanhã. Dinheiro, status, fama… Nada disso faz sentido se vc não ter humildade no coração”, detonou um.

“Hipócrita. Todos os domingos você usa máscara de humilde, mas o Brasil já descobriu o tipo de pessoa que você é!”, escreveu outro. “Que feio hein Geraldo, vai passar domingo no seu programa como humilhar um motorista? Jamais me enganou”, alertou mais um. Os comentários foram deixados na última publicação de Geraldo.

Fonte: TV Foco