Kevin Ndjana diz que já sabia que não levaria o The Voice: “Seria uma zebra”


Última atualização em 01/10/2018 às 08h46, por Trajano Neto

Kevin Ndjana tinha uma torcida bem forte para ser o grande campeão desta temporada do The Voice Brasil. Mas não deu para ele desta vez. O músico ficou em segundo lugar e perdeu para Léo Paim.

Humilde, Kevin afirmou que já imaginava que não ganharia a competição: “Se eu ganhasse, seria zebra. O Léo Pain se apresentou muito bem e tem muito mais anos de estrada”. E acrescentou: “Também acho que o público do [técnico vencedor Michel] Teló e o trabalho que o Léo já desenvolvia fizeram a diferença”.

Em entrevista, o assessor de marketing de Kevin contou que muitas outras pessoas achavam que ele seria o vencedor: “Até o operador de câmera errou, focando o Kevin na hora do anúncio de quem seria o vencedor… O público… Todo mundo achava que era ele que ia ganhar”, ressalta Bonfim. “Agora temos que conviver com isso [a derrota]”.

Mais político, Kevin evita polemizar sobre o resultado. Diz que seria injusto com Pain se ele se manifestasse contrariado. “Independentemente do resultado, estou bem tranquilo”, minimizou Kevin. Leo teve 50% dos votos e Ndjana 38%.

Nos comentários na internet, houve quem defendesse tanto Leo quanto Kevin, afirmando que ambos eram bons e mereciam o prêmio: “A final foi merecida. A disputa entre Kevin e o Léo realmente era de se esperar. O problema é que o Léo tem uma torcida já consolidada e maior. Uma pena, Kevin merecia levar. Mas o primeiro lugar não foi injusto. E sobre os jurados, óbvio que a única que poderia o bater seria a Ivete. Os outros dois poderiam ser trocados. Ivete ainda sim, poderá bater e acabar com a invencibilidade do Teló”, afirmou um internauta.

Fonte: TV Foco