Roberto Carlos proíbe Record de usar suas músicas e imagem


Última atualização em 24/11/2017 às 08h19, por Trajano Neto

Record tem uma relação nada amigável com o cantor Roberto Carlos. O motivo é que a emissora de Edir Macedo é proibida de utilizar a imagem dele em acervo e tocar qualquer música sua. Por conta disso os programas da Record nem citam o nome de Roberto.

Essa proibição, de acordo com informações do jornalista Daniel Castro, é válida desde os anos 2000. O canal paulista até pode executar alguma música dele, só que com outros intérpretes. Mesmo assim precisa consultar previamente o cantor sobre a liberação para tal.

Já as imagens de quando ele apresentava um programa, na década de 60, também estão vetadas. O uso precisa ser liberado pelo rei, que não anda facilitando a vida da emissora. A assessoria de comunicação dele disse que como ele possui contrato com a Globo e com a Som Livre precisa proteger sua imagem e voz dos canais concorrentes.

A família de Elis Regina é outra que vetou o uso de suas imagens antigas.

Fonte: TV Foco