Luciano Huck não irá mais se candidatar à Presidência da República


Última atualização em 27/11/2017 às 08h14, por Trajano Neto

O apresentador Luciano Huck não irá mais lançar sua candidatura à Presidência da República em 2018 de acordo com informações do jornal O Globo.

Como já foi informado pelo TV Foco, a Globo deu um ultimato ao apresentador e disse que seu contrato com a emissora não seria renovado no mês que vem caso ele decidisse entrar na corrida para assumir o cargo político.

Ainda de acordo com a coluna do jornal, Huck tomou a difícil decisão na última quinta-feira, 24 de novembro, e hoje irá fazer um pronunciamento oficial afirmando sua desistência.

Apesar de não concorrer a nenhum cargo político, o marido de Angélica continuará se engajando na política e trabalhando em movimentos suprapartidários.

Vale destacar que o apresentador foi destaque recente na primeira página do jornal O Estado de S. Paulo com índices surpreendentes. A pesquisa, que foi feita com parceria do jornal com o instituto Ipsos, indica que a aprovação do marido de Angélica subiu incríveis 17 pontos. Ele foi o mais bem avaliado, saltando dos 43% de aprovação de setembro para os atuais 60%.

A pesquisa, no entanto, não é para saber sobre a intenção de voto dos eleitores. Esse é o questionamento feito aos entrevistados: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”.

O diretor do Ipsos, Danilo Cersosimo, disse não se surpreender com o percentual alcançado por Huck, principalmente pelo fato dele não se envolver com temas polêmicos até aqui.

“Esse salto tem muito a ver com o fato de seu nome ter sido cogitado como candidato e de ele próprio ter dado indícios de que gostaria de concorrer. Mas o ponto é se isso vai se converter em votos. Se a eleição fosse hoje, ele teria um desempenho razoável, mas não esse cacife todo”.

Ele acredita que os entrevistados não avaliaram Huck como potencial candidato à presidência, e sim como um animador popular de televisão. É, inclusive, média semelhante de aprovação de outras pessoas do meio artístico:

“As pessoas estão avaliando um Luciano Huck que aparece há 15 ou 20 anos na televisão. Ele não tem a imagem desgastada por embates políticos, ainda não foi testado em um debate, por exemplo”.

Fonte: TV Foco