TCE-PB aponta que 4 prefeitos do Cariri foram destaque na execução orçamentária em 2017


Última atualização em 16/02/2018 às 11h13, por Klebson

O Tribunal de Contas da Paraíba divulgou um relatório onde mostra o ranking dos municípios paraibanos no tocante à execução orçamentária do ano de 2017. O levantamento mostra os prefeitos que mesmo em meio à crise econômica conseguiram equilibrar as despesas de seus municípios em conformidade com suas receitas e concluíram o exercício orçamentário do ano passado com superávit nas contas públicas.

As cidades que ficaram dentro da média e cujos prefeitos foram aprovados pela Corte de Contas do Estado foram: São Domingos do Cariri, Sumé, Coxixola e Cabaceiras. O período da pesquisa auditado foi de janeiro a agosto do ano passado e dos 223 municípios paraibanos, apenas 79 tiveram os prefeitos aprovados.

No Cariri Paraibano, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, a gestão da prefeita de São Domingos do Cariri, Inara Marinho, foi a mais bem avaliada. Ela obteve um superávit de 7,48% de seu orçamento. De acordo com o TCE, a Prefeitura de São Domingos do Cariri teve uma receita de R$ 7.249.941,39 e investiu cerca R$ 6.707.590,02. Vale destacar que o município já possui uma boa reserva histórica em suas contas públicas.

Outros municípios destaques na região do Cariri foram Sumé e Coxixola. No Cariri Ocidental, os prefeitos Éden Duarte e Givaldo Limeira foram os gestores com melhor execução orçamentária segundo o Tribunal de Contas da Paraíba e deixaram seus municípios com recursos em caixa, pagando em dia todos os seus compromissos tanto com servidores, como fornecedores.

A Prefeitura de Sumé recebeu R$ 27.874.017,98 e investiu R$ 26.986.795,34, o que representa um superávit de 3,18% em 2017. Já a Prefeitura de Coxixola recebeu entre janeiro e agosto R$ 6.232.784,54 e investiu R$ 6.068.505,53, representando um superávit de 2,64%.

A Prefeitura de Cabaceiras também foi superavitária e manteve um caixa de 2,63% de sua receita.

Menos eficientes

Na outra ponta, os prefeitos menos eficientes no quesito execução orçamentária também são da região do Cariri. Os prefeitos com maior saldo deficitário nas contas de seus municípios foram: São Sebastião do Umbuzeiro, Prata, Caraúbas, São João do Cariri, Ouro Velho, Amparo e Congo.

Dos 223 municípios do Estado, 144 deles estão gastando mais do que arrecadam e o caso mais flagrante é o do prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro, Adriano Wolff (DEM). Segundo dados auditados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o prefeito recebeu R$ 8.034.373,09 e gastou R$ 16.940.010,44, um déficit de 110,84%.

Confira o relatório completo no site do TCE-PB.

Praça Cônego João Marques Pereira. Cep: 58580-000, S/N, Centro Serra Branca - Paraíba
(83) 3354.2000 (83) 9 9962.2957
Rádio FM Serra Branca Ltda. © 2017