26 municípios da Paraíba não têm nenhuma obra em andamento, diz TCE. Quatro cidades do Cariri estão na lista


Última atualização em 26/10/2018 às 08h32, por Klebson

Segundo um levantamento feito pelo blog do jornalista Suetoni Souto Maior, no Jornal da Paraíba, 26 municípios não tem nenhuma obra em andamento. A revelação foi feita pelo Tribunal de Contas do Estado(TCE), com base nos empreendimentos cadastrados pelos gestores. São cerca de 1.206 obras registradas no sistema, contando com todo os municípios. O registro das obras é obrigação da prefeitura, e caso os municípios não façam poderão ser punidos.  Os investimentos fiscalizados, em seu montante, é de R$ 611, 2 milhões. André Carlo Torres, presidente do TCE, diz que todos os gestores estão sendo provocados pelo orgão para atualizar os dados.

O TCE listou todos os municípios paraibanos que não tem obras cadastradas e empenhadas: Caaporã, Jacaraú, Duas Estradas, Mulungu, São José dos Ramos, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Massaranduba, Riachão do Bacamarte, São Sebastião de Lagoa de Roça, Montadas, Olivedos, Nova Palmeira, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê, Prata, Amparo, Santa Terezinha, Belém do Brejo do Cruz, Santa Cruz, São domingos de Bombal, São José de lagoa Tapada, Aguiar, Nazarezinho, Carrapateira, Joca Claudino e Curral Velho.

A lista traz alguns fatos curiosos, também. O município de Lagoa de Dentro tem R$ 14,5 mil em obras cadastradas. O montante é menor que o salário mensal do prefeito Fabiano Pedro, que recebe R$ 15 mil. Achou pouco? Em Tavares há uma obra pública cadastrada com valor total de R$ 14,5 mil. Já o salário do prefeito Aílton Nixon Suassuna é de R$ 18 mil. Em Algodão de Jandaíra, o salário da prefeita Maricleide Izidro é de R$ 8 mil e o montante destinado a obras é de R$ 14,6 mil.

Com Suetoni Souto Maior

Praça Cônego João Marques Pereira. Cep: 58580-000, S/N, Centro Serra Branca - Paraíba
(83) 3354.2000 (83) 9 9962.2957
Rádio FM Serra Branca Ltda. © 2017