DENÚNCIA DO CAMINHÃO: Felizardo Moura diz que espera prefeito da Prata afastado e preso


Última atualização em 26/11/2018 às 08h39, por Klebson

O ex-candidato a prefeito da Prata, Felizardo Moura, junto aos vereadores José Arinaldo e Adeilza Procópio foram entrevistados no último sábado (24) na Serra Branca FM e comentaram as providências tomadas por eles frente à denúncia de uso irregular de carros oficiais da Prata em obras de empresa particular do gestor Júnior Nóbrega e sua esposa.

Segundo Felizardo, a denúncia feita por ele nas redes sociais já foi transformada em uma queixa crime e ofertada ao Ministério Público Federal para que tome as medidas cabíveis. Para Felizardo, sua expectativa é de que a Justiça aja com celeridade e afaste o prefeito como também o prenda por comprovado ato de improbidade administrativa.

Os vereadores Bôbo e Adeilza, por sua vez, relataram o que aconteceu na última sessão na Câmara de Vereadores da Prata. Segundo eles, foi vergonhoso ver o presidente Bosco Néri, sempre reconhecido pelas denúncias que fazia, acovardado diante do flagrante de irregularidade e junto aos vereadores de situação ainda tentar defender o prefeito Júnior Nóbrega. Os parlamentares de oposição ainda disseram que esta semana irão protocolar junto à Câmara um pedido de instalação de CPI para investigar todas as irregularidades.

Ainda de acordo com Felizardo Moura, o prefeito Júnior Nóbrega não consegue separar o público do privado e é reconhecido no município por utilizar bens oficiais do município em benefício próprio e de aliados próximos. Segundo ele, a todo momento estão chegando novas denúncias de atos cometidos pela atual administração e somente após a denúncia veiculada, os carros oficiais da Prata começaram a servir de fato a população.

De Olho no Cariri

Praça Cônego João Marques Pereira. Cep: 58580-000, S/N, Centro Serra Branca - Paraíba
(83) 3354.2000 (83) 9 9962.2957
Rádio FM Serra Branca Ltda. © 2017