Carros-pipa voltam a retirar água do Açude de Taperoá e população teme novo colapso


Última atualização em 03/10/2017 às 13h13, por

O açude Manoel Marcionilo, em Taperoá, no Cariri Paraibano volta a sofrer com a retirada de água dos carros-pipa. Em março deste ano, o volume da água aumentou 10 vezes em menos de dois de chuva, o que regularizou a situação dos taperoenses que vinham enfrentando um colapso de águas há anos.

O manancial atingiu seu volume máximo pela primeira vez no dia 29 de abril.  O reservatório tem capacidade para 15.178.900 metros cúbicos de água. Em maio, pela segunda vez neste ano, o reservatório sangrou em menos de 15 dias.

De lá pra cá, a cidade de Taperoá teve o seu recebimento de água estabilizado, mas agora a população está preocupada com a volta dos carros-pipa e com o aumento da retirada de água no açude. Temendo um novo colapso, os taperoenses pedem que alguma providência seja tomada por parte do Poder Público, seja a remoção desses carros-pipa ou que haja um controle desse recolhimento da água do açude.

De Olho no Cariri

Praça Cônego João Marques Pereira. Cep: 58580-000, S/N, Centro Serra Branca - Paraíba
(83) 3354.2000 (83) 9 9962.2957
Rádio FM Serra Branca Ltda. © 2017