Agora Na Rádio
Bom descanso - Até Amanhã...

Geraldo Medeiros diz continuar "acreditando na aquisição e distribuição pelo Ministério da Saúde"


Última atualização em 23/10/2020 15:29, por Jr Queiroz

Após a declaração do vice-presidente Hamilton Mourão, feita na quinta-feira (22), onde afirma que os estados têm dinheiro para comprar as vacinas CoronaVac contra o coronavírus, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, em entrevista ao ClickPB repudiou a fala e disse que acompanha o andamento junto com o Ministério da Saúde. "Continuo acreditando na centralização de aquisição e distribuição de vacinas pelo Ministério da Saúde", explicou.

O impasse acerca das compras das vacinas está longe de acabar. Já que ainda não foi decidido de quem será a responsabilidade de adquirir 46 milhões de doses da vacina CoronaVac. Para deixar ainda mais tensa a situação, o presidente Jair Bolsonaro disse também que não iria comprar nenhuma vacina da 'China', contrariando o Ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que assinou na última terça-feira (20) um protocolo de intenções para adquirir as vacinas que estão sendo desenvolvidas pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. 

A fala do presidente Jair Bolsonaro foi feita durante entrevista à rádio Jovem Pan na última quarta-feira (21),  onde disse que não autorizará a compra da vacina CoronaVac, mesmo se Anvisa registrar e certificar o medicamento. De acordo com ele, "já existe um descrédito muito grande por parte da população" em relação à vacina chinesa.


Clickpb