Agora Na Rádio
Jornal do Meio Dia

Geraldo Medeiros discorda de ministro e se diz contrário a desobrigação de máscaras: “barreira importantíssima”


Última atualização em 10/11/2021 17:19, por Yan César

 O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, participou nesta quarta-feira (10) da oficina do Ministério da Saúde sobre o programa Previne Brasil durante evento no Centro de Convenções em João Pessoa. Na ocasião, Geraldo discordou da fala do ministro Marcelo Queiroga na defesa do fim do uso de máscaras de forma gradual até o fim do ano.


“As máscaras representam uma barreira importantíssima na transmissão do vírus e, consequentemente, somos contrários a desobrigação de máscaras desde que esse é um fator que inibe a propagação do vírus”, disse Geraldo em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

No evento, Marcelo Queiroga também garantiu que toda população brasileira estará vacinada com duas doses contra Covid-19 até o fim deste ano e que a pasta irá avançar na aplicação da terceira dose, mas disse que não será na base da “imposição”.

“Nós dialogamos com as pessoas, esclarecemos os indivíduos e com isso vamos conseguir a adesão da população brasileira para que fiquemos protegidos para uma terceira onda. Será conseguido com a nossa palavra, com o nosso convencimento aos brasileiros, não vai ser na base da obrigação, imposição porque não é assim que os profissionais de saúde tratam os pacientes”, destacou.

A partir das 15h, a agenda do ministro segue com a visita e desenlace da fita inaugural da Unidade de Saúde da Família (USF) Alto do Céu Integrada, em Mandacaru. Na ocasião, será realizado o lançamento da campanha da Atenção Primária à Saúde.

Click PB