Agora Na Rádio
Jornal do Meio Dia

Bolsonaro teria pedido exclusão do termo ‘Golpe de 1964’ nas questões do ENEM


Última atualização em 19/11/2021 17:17, por Yan César

 Técnicos do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) acusam o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de pedir ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, que chamasse de “revolução” o Golpe Militar de 1964 na prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O exame começa a ser aplicado em todo o país no sábado (21).


De acordo com informações são da Folha, o pedido foi feito no primeiro semestre. O ministro chegou a comentar com equipes do MEC (Ministério da Educação) e do Inep, mas o pedido não foi levado adiante, pois as questões passam por um longo processo de elaboração.

Nesta semana, Bolsonaro, que é crítico do Enem, afirmou que o exame “começa a ter a cara do governo”. A declaração foi dada logo após um pedido de demissão em massa de diversos servidores do Inep, que alegam pressão psicológica e vigilância na formulação da prova.

Mais PB