Agora Na Rádio
Bom Dia Irmãos

TRE-PB decide pela manutenção das Zonas Eleitorais e unidade eleitoral de São João do Cariri será mantida


Última atualização em 24/01/2020 13:31, por Rebeca Andrade

Em sessão realizada na tarde desta quinta-feira (23 de janeiro), o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) decidiu pela não extinção das zonas eleitorais das cidades de São João do Cariri, Malta e Brejo do Cruz.

A zona eleitoral de São João do Cariri era a única unidade eleitoral da região do Cariri que estava sendo cotada para a extinção. A Justiça Eleitoral atendeu pedido da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) e transferiu unicamente as sedes das Zonas Eleitorais para cidades mais próximas.

Dessa forma, a sede Eleitoral de Brejo do Cruz será transferida para Catolé do Rocha, a de Malta, para Patos, e a de São João do Cariri em Campina Grande.

Os membros da Corte Eleitoral respeitaram entendimento da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB). Os juízes Max Nunes de França e Sivanildo Torres, presidente e 3º vice-presidente da AMPB, acompanharam a sessão e ouviram elogios sobre a postura adotada pela Entidade, que conciliou a preocupação dos juízes com a dos jurisdicionados afetados, aliando o interesse associativo com o da comunidade.

O magistrado Antônio Carneiro de Paiva Júnior enfatizou, durante a sessão, que a AMPB “colaborou com as discussões e agradeceu pela reunião acerca das zonas eleitorais, que foi produtiva, rápida e eficiente”. Ele também comentou sobre a forma com que o presidente da Corte, Des. Carlos Martins Beltrão Filho, conduziu a questão, parabenizando pela transparência e democracia, ouvindo e considerando a posição da AMPB.

O  presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, juiz Max Nunes, alegou que, se Zonas Eleitorais a extensão levaria dificuldades para a população. “Se as Zonas fossem fechadas ficaria mais difícil nos anos eleitorais o Poder Judiciário estar mais próximo da população na condução do processo porque teria menos juízes e promotores eleitorais atuando nas eleições”, afirmou.

O desembargador José Ricardo Porto se acostou ao comentário, afirmando que o presidente do TRE-PB “Analisou a matéria com muito afinco e conduziu a reunião de forma muito clara e, ouvindo a AMPB, chegou a um denominador comum”.

De Olho no Cariri