A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Invalid argument supplied for foreach()

Filename: includes/header.php

Line Number: 44

Backtrace:

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/includes/header.php
Line: 44
Function: _error_handler

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/detalhes_noticia_view.php
Line: 1
Function: include_once

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/controllers/Index_controller.php
Line: 117
Function: view

File: /home/serrabra/public_html/novo/index.php
Line: 315
Function: require_once

Ministra do STJ concede habeas corpus e manda soltar irmão de Ricardo Coutinho


Última atualização em 21/02/2020 09:27, por Rebeca Andrade

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus a Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, na tarde desta quinta-feira (20). A decisão foi publicada no sistema do STJ.

Com a decisão de Laurita Vaz, Coriolano deverá ser solto em breve. Ele estava detido na Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice, localizada em Mangabeira, João Pessoa, desde a sua prisão, no mês de dezembro.

Na última terça-feira (18) a Sexta Turma do STJ decidiu negar um recurso contra o pedido de habeas corpus concedido ao ex-governador Ricardo Coutinho. Os ministros decidiram manter Ricardo Coutinho em liberdade e impor medidas cautelares ao ex-governador.

Na oportunidade, por maioria de quatro votos a um, os ministros concluíram que o decreto de prisão, do final do ano passado, não demonstra, de maneira categórica, de que forma Coutinho, atualmente, agiria no esquema criminoso, tendo em vista que não exerce mais o cargo público de governador do estado da Paraíba. Sendo assim, ele poderá aguardar o processo em liberdade.

Depois que Ricardo Coutinho foi mantido em liberdade, outros investigados na Operação Calvário, incluindo Coriolano Coutinho, pediram que a decisão relativa ao habeas corpus do ex-governador fosse estendida a eles, garantindo liberdade a todos.

Click PB