A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Invalid argument supplied for foreach()

Filename: includes/header.php

Line Number: 44

Backtrace:

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/includes/header.php
Line: 44
Function: _error_handler

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/detalhes_noticia_view.php
Line: 1
Function: include_once

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/controllers/Index_controller.php
Line: 117
Function: view

File: /home/serrabra/public_html/novo/index.php
Line: 315
Function: require_once

Crivella diz que cariocas gostam de morar perto de áreas de risco porque gastam menos com 'cocô e xixi'


Última atualização em 02/03/2020 14:08, por Jr

No mesmo fim de semana em que quatro pessoas morreram em decorrência das fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) afirmou que cariocas gostam de morar perto de áreas de risco para 'se verem livres dos esgotos' e gastarem 'menos tubos para colocar cocô e xixi'.

As declarações de Crivella foram dadas no domingo (1º) durante uma reunião no Centro de Operações Rio, que foi transmitida ao vivo por uma rede social. O prefeito afirmou que os moradores da cidade escolhem viver em áreas de talvegues, caminhos por onde passam as águas das chuvas, considerados de risco.

"Todas as encostas lá são perigosas, mas aonde descem as águas, predominantemente chamado talvegues, e as pessoas gostam de morar ali perto porque gastam menos tubo para colocar cocô e xixi e ficar livre daquilo, essas áreas são muito perigosas", disse Crivella.

Falando sobre prevenções às ocorrências causadas pelas chuvas, o prefeito afirma, ainda, que há coisas que "cada cidadão tem que fazer por si mesmo", como "não morar perto dos canais" ou encostas.

"Os galhos das árvores, o lixo que é deixado no chão, eles são levados pelas chuvas para aqueles pontos predominantes de descida das águas e as pessoas moram ali perto porque é uma maneira de se verem livres dos esgotos e do seu lixo, morando perto do rio, joga tudo ali", afirma o prefeito.

G1 / Foto: Reprodução