A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Invalid argument supplied for foreach()

Filename: includes/header.php

Line Number: 44

Backtrace:

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/includes/header.php
Line: 44
Function: _error_handler

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/detalhes_noticia_view.php
Line: 1
Function: include_once

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/controllers/Index_controller.php
Line: 117
Function: view

File: /home/serrabra/public_html/novo/index.php
Line: 315
Function: require_once

Casos suspeitos de coronavírus sob investigação na Paraíba sobem para quatro


Última atualização em 03/03/2020 15:04, por Jr

Subiu para quatro o número de casos com suspeita de Coronavírus sob investigação na Paraíba. Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), em informação divulgada manhã desta terça-feira (3), novos dois casos de suspeita de Covid-19 foram notificados. Tratam-se de um homem de 31 anos e de uma mulher de 27 anos que retornaram recentemente de viagem por Bélgica, Inglaterra e França no dia 1° de março e que apresentaram sintomas.

Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. Até a manhã desta terça-feira, o MS reconhecia apenas dois casos sob investigação na Paraíba. No total, foram notificados cinco casos por suspeita do coronavírus, sendo o primeiro deles descartado após exames realizados pela Secretaria de Saúde.

Os números divulgados pelas secretarias estaduais e o Ministério da Saúde não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários.

De acordo com a SES, os dois buscaram assistência médica, por conta própria, em hospital privado, na segunda-feira (2), onde foram notificados pela Vigilância Municipal de João Pessoa que realizou coleta e monitora os casos durante isolamento domiciliar.

A Paraíba possui um plano estadual para notificação e assistência para o novo Covid-19, elaborado desde o fim de Janeiro e amplamente divulgado entre profissionais de saúde da Rede Pública e Privada de todo o estado. O Centro Operacional de Emergências em Saúde Pública (COE Estadual) realiza avaliação das ações executadas e desencadeia encaminhamentos para o fortalecimento da identificação dos casos, de acordo com definição.

G1
Foto: NIAID-RML/AP