A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Invalid argument supplied for foreach()

Filename: includes/header.php

Line Number: 44

Backtrace:

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/includes/header.php
Line: 44
Function: _error_handler

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/views/detalhes_noticia_view.php
Line: 1
Function: include_once

File: /home/serrabra/public_html/novo/application/controllers/Index_controller.php
Line: 117
Function: view

File: /home/serrabra/public_html/novo/index.php
Line: 315
Function: require_once

Monitor da Violência: em cinco anos, 2019 tem maior número de feminicídios na Paraíba


Última atualização em 05/03/2020 14:42, por Jr

Em cinco anos, de 2015 a 2019, o ano passado foi oq ue registrou o maior número de feminicídios na Paraíba. Os dados são do Monitor da Violência e mostram que 38 mulheres foram assassinadas em 2019 pela motivação de gênero.

Em 2015 o número foi de 28, caiu para 25 em 2016 e continuou em queda em 2017, com 22 feminicídios. Em 2018, o número de feminicídios subiu cerca de 54% em relação ao no anterior, atingindo um total de 34 feminicídios.

Em relação ao Nordeste, a Paraíba está no meio da tabela, embora o número de feminicídios em 2019 já ultrapasse o número de homicídios dolosos, de acordo com a Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba. O estado é o quinto com a menor estatística a nível regional, ficando a frente do Piauí, com 28 feminicídios, Rio Grande do Norte e Sergipe, com 21 casos cada, e Ceará, que segundo o Monitor da Violência, não registrou nenhum caso.

Em relação ao país, a Paraíba também apresenta um dado mediano, sendo o 13º com a menor estatística de feminicídios e o 15º com maior número de feminicídios.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O primeiro levantamento sobre feminicídios no país foi publicado no Monitor em 2018 e, desde então, ele é feito todos os anos.

G1
Foto:  reprodução G1