Agora Na Rádio
Bom Dia Serra Branca

Secretaria de Saúde diz que equipamentos do HGT serão realocados para unidades de combate ao Covid-19 e retornarão para Taperoá após pandemia


Última atualização em 06/04/2020 09:47, por Rebeca Andrade

Dez leitos e três ventiladores pulmonares do Hospital de Taperoá serão realocados para garantir o atendimento de pessoas diagnosticadas com coronavírus em outras regiões da Paraíba. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), que explicou que os leitos devem ir para o Hospital de Trauma de Campina Grande, na ala específica para combater a Covid-19, e os respiradores devem ir para o Hospital Solidário, que está sendo construído no estacionamento do Hospital Metropolitano de Santa Rita.

De acordo com a SES, a decisão foi tomada para antecipar uma provável demanda de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias para os casos da Covid-19. Os equipamentos foram retirados da cidade porque não estavam ocorrendo cirurgias eletivas, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

A SES assegura que o atendimento à população do município na unidade hospitalar não sofrerá nenhum tipo de prejuízo, pois a equipe de profissionais mantém o compromisso de prestar um atendimento qualificado a todos os cidadãos. Além disso, todos os equipamentos emprestados irão retornar ao Hospital de Taperoá tão logo a pandemia de coronavírus seja superada no Brasil e na Paraíba.

Veja os hospitais de referência para atendimento do coronavírus na Paraíba:

  • Hospital Clementino Fraga (João Pessoa)
  • Hospital Santa Izabel (João Pessoa)
  • Hospital Municipal do Valentina (João Pessoa)
  • Hospital Pedro I (Campina Grande)
  • Hospital de Emergência e Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes (Campina Grande)
  • Hospitais Regionais de Cajazeiras, Pombal, Regional de Patos e o Infantil Noaldo Leite (em Patos)

A Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza quatro números para plantão de dúvidas da Vigilância em Saúde e Hospital Clementino Fraga, cujo atendimento é realizado por especialista da área (99146-9790; 99146-9250; 99147-0810 e 98823-6186).

De Olho no Cariri

G1 PB – Foto: Francisco França/Secom-PB