Agora Na Rádio
Jornal Integração

Comerciantes de Serra Branca promovem nova reunião para protestar reabertura do Banco do Brasil


Última atualização em 15/05/2019 09:31, por De Olho no Cariri

A economia de Serra Branca está fortemente prejudicada com a demora na reabertura de sua principal agência bancária. Os reflexos são sentidos com a queda brusca no número de pessoas que vem ao município, no fechamento de pontos comerciais, aumento do desemprego e dificuldade das pessoas em ter acesso a numerários.

Há 7 meses o Banco do Brasil está sem funcionamento integral, isto é, sem movimentação financeira e na visão dos comerciantes locais essa é a principal causa para o desaquecimento da economia.

Para discutir essa problemática e alertar a sociedade e autoridades políticas sobre os prejuízos do não funcionamento da agência, comerciantes estão promovendo mais um encontro na noite desta quarta-feira (14) e espera reunir grande público no plenário da Câmara de Vereadores.

O objetivo é definir estratégias para pressionar a reabertura do Banco, mais segurança para a cidade e criar uma associação representativa dos empresários de Serra Branca.

Para o experiente empresário José Tomaz, Serra Branca está perdendo o protagonismo de cidade pólo, porque as pessoas não conseguem mais vir ao município e ter seus problemas resolvidos. Logo, escolhem Sumé e Monteiro ou até Campina Grande como destino e isso deixa completamente vulnerável o comércio local.