Agora Na Rádio
Fino da MPB

Ministro e Governador assinam liberação de R$ 30,7 milhões para obras hídricas e conclusão da Transposição na Paraíba


Última atualização em 24/06/2020 10:58, por Rebeca Andrade

O governador João Azevêdo recebeu, nesta terça-feira (23), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ocasião em que foram apresentadas as obras e ações executadas na Paraíba que visam assegurar a segurança hídrica em todas as regiões do Estado.

O gestor também pleiteou novas parcerias com o Ministério para viabilizar a construção de novos sistemas adutores, barragens e habitações populares.

No encontro, ainda foram discutidos a conclusão das obras da transposição do Rio São Francisco e o fortalecimento da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

No final da reunião, o ministro Rogério Marinho e o governador João Azevêdo assinaram um documento que assegura a liberação de recursos no montante de R$ 30,7 milhões, que serão investidos na continuidade das obras do canal Acauã-Araçagi.

Dentre as obras solicitadas pelo Governo da Paraíba estão a segunda etapa do sistema adutor do Extremo Oeste, que pretende aumentar a oferta de água em São João do Rio do Peixe e municípios circunvizinhos; o sistema adutor na região de Catolé do Rocha; o sistema adutor setentrional, que consiste na construção de uma adutora que interliga o açude Coremas a captação em São Bentinho; o sistema adutor Translitorânea; o sistema de esgotamento sanitário de Cabedelo; além do conjunto habitacional São Judas Tadeu I e II, em Patos.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou a preocupação do governo para garantir  segurança hídrica em todas as regiões da Paraíba e de ampliar parcerias para  fortalecer a geração de emprego e renda e o desenvolvimento do Estado.

Tivemos a oportunidade de apresentar um conjunto de pleitos, que vão desde adutoras até a construção de casas em Patos, fizemos um balanço do que estamos executando, das obras em parceria com o Ministério e do que falta ser liberado em termos de recursos. Nós discutimos os interesses do povo da Paraíba, que são obras, ações e programas, em parceria com o governo federal, e que têm como foco a melhoria da qualidade de vida da população”, avaliou João Azevêdo.

O ministro Rogério Marinho elogiou os projetos apresentados pela gestão estadual e assegurou a liberação de recursos para as obras hídricas em andamento na Paraíba.

“Nós vamos manter os esforços para que não haja paralisação de obras iniciadas. Liberamos hoje pouco mais de R$ 30 milhões para as obras do canal Acauã-Araçagi, garantindo dois meses de atividades das obras e o mais importante é o nosso compromisso de que essas ações não serão interrompidas por entendermos a importância segurança hídrica e da nossa atenção com a região Nordeste”, disse.

O secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, fez uma avaliação positiva da agenda.

“Nós tivemos uma agenda intensa desde cedo, quando o ministro fez uma visita às obras do canal Acauã-Araçagi, principal obra hídrica da Paraíba, e ele pode anunciar mais recursos que garantem a continuidade dessa ação e assegurou que não faltarão recursos para as obras que já estão conveniadas. Além disso, foi feita a entrega simbólica de 40 sistemas de dessalinização no sítio Tabocas, e na audiência que tivemos no final da tarde, apresentamos as obras que estão em andamento já conveniadas com o Ministério, a exemplo das adutoras de Nova Camará, Camalaú e Retiro”, resumiu.

O deputado federal Julian Lemos, auxiliares do Ministério da Integração Regional e do Governo da Paraíba também acompanharam a reunião.

Click PB