Agora Na Rádio
Fino da MPB

Após 40 dias internado, médico campinense morre em decorrência de complicações da covid-19


Última atualização em 30/03/2021 10:43, por Yan César

O jovem médico Lucas Alves, de 27 anos, morreu nesta segunda-feira, 29, em decorrência de complicações da covid-19. Lucas tinha 27 anos e estava internado há 40 dias, no Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa.

Lucas se formou há menos de 2 anos na Facisa e atualmente atuava como oficial do Exército Brasileiro.

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) lamentou a morte do jovem médico, além de prestar solidariedade aos familiares e amigos.

O Sindicato dos Médicos da Paraíba também divulgou um texto informando e lamentando a morte de Lucas Alves. “O SIMED-PB, em nome de todos os associados, presta solidariedade à família e aos amigos neste momento de despedidas e de tanta tristeza. Que Deus conforte a todos. Nossos sinceros sentimentos”.

A universidade Unifacisa também lamentou a morte do médico campinense e emitiu uma nota de pesar.

VEJA A NOTA:

O Centro Universitário Unifacisa comunica, com o mais profundo pesar, o falecimento do médico e egresso da Unifacisa Dr. Lucas Alves. Durante todo a graduação, ele demonstrou excelência, dedicação, responsabilidade e cordialidade com professores e colegas, estando sempre presente nos projetos da instituição e atuando solidariamente para com a sociedade. 

Em meio à calamidade pública em que vivemos, devido a covid-19, Dr. Lucas foi mais um herói na batalha contra a doença dedicando ao máximo o seu trabalho nos hospitais para salvar vidas.

Para toda comunidade universitária, que participa da construção de muitos sonhos, é triste ver a vida de um jovem, interrompida de forma tão precoce. 

A Unifacisa se solidariza com amigos e familiares e expressa as mais sinceras condolências pela perda. 

De Olho no Cariri
Foto:Click PB