Agora Na Rádio
103 By Night

Ministério Público recomenda cancelamento de vaquejada em Sumé devido a pandemia do Covid-19


Última atualização em 17/05/2021 13:30, por Klebson Wanderley

O Ministério Público do Estado da Paraíba, por meio da Promotoria de Sumé, recomendou o cancelamento da Vaquejada que seria realizada no próximo fim de semana no município de Sumé.

De acordo com a recomendação, o promotor solicitou que os organizadores se abstenham imediatamente de realizar o evento festivo nos dias 19 a 23 de maio, vez que está SUSPENSA a realização de qualquer ato que gere aglomeração na hipótese de classificação do Município em “bandeiras” laranja e vermelha, cuja desobediência acarretará a responsabilização criminal prevista no art. 268 do Código Penal, com pena de detenção de 01 (um) mês a 01 (um) ano, e multa.

O município de Sumé foi classificado em bandeira laranja de acordo com a nova avaliação do Plano Novo Normal da Secretaria de Estado da Saúde. Todas cidades do Cariri foram classificadas para bandeira laranja, de acordo com a avaliação divulgada no último sábado, 17, com exceção do município de São José dos Cordeiros, que foi classificado em bandeira vermelha.

A vaquejada que ocorreria no Parque Cordeiro e Caldas, na cidade de Sertânia, foi transferida para o Parque Vila Cowtry, na cidade de Sumé e o anúncio causou alvoroço e revolta em parte da população sumeense, que ver o aumento de internações por causa da Covid-19 em toda a região e sabe da aglomeração que provoca um evento desta natureza.