Enterro de Angela Maria é marcado por choro e comoção


Última atualização em 01/10/2018 às 08h41, por Trajano Neto

Aos 89 anos de idade, Angela Maria, faleceu na noite deste sábado, 29 de setembro, no Hospital Sancta Maggiore, onde estava internada há 34 dias. No velório, aberto ao público, o marido da cantora, Daniel D´Angelo, revelou detalhes sobre os últimos dias de vida da esposa.

“No dia 25 (de agosto), ela passou mal, e acabei levando ela para o hospital. Ela não queria ir, de jeito nenhum, afirmando: ‘tenho show hoje’. E a coisa era mais complicada, ela teve uma infecção abdominal que evoluiu e foi tomando conta dos órgãos. Ela lutou, teve um AVC, e depois de 10 dias sem voltar, fizeram uma ressonância e viram outro AVC mais complicado. Foram 34 dias de hospital”, disse ele ao G1.

A despedida foi uma coisa muito marcante. Vivíamos há 40 anos juntos, éramos muito juntos. Eu desci para a lanchonete para tomar café uns 45 minutos, que era o tempo de darem banho e trocar ela. E quando subi na UTI, tinha uma médica ao lado e uma enfermeira. Eu vi o cobertor e toquei o pé dela. A médica disse: ‘Seu Daniel, o coração dela parou. O senhor pode sair?’. Eu não acreditei”, completou.

Durante o enterro, Daniel D’Angelo ficou bastante emocionado. O viúvo acompanhou o sepultamento o tempo todo ao lado do caixão. O corpo da cantora foi sepultado ao lado do de Cauby Peixoto, outro grande ícone da música nacional. “Ela vai ficar ao lado do marido musical dela. O céu hoje está em festa, o céu hoje está maravilhoso hoje”, revelou o marido da cantora.

Fonte: TV Foco